Dólar sobe contra iene e bitcoin avança antes da esperada decisão da SEC

Por Karen Brettell

NOVA YORK (Reuters) - O dólar ganhou do iene, mas caiu em relação ao euro nesta quarta-feira, com os investidores aguardando dados de inflação dos EUA que serão divulgados na quinta-feira, para obter novas pistas sobre quando o Federal Reserve provavelmente começará a cortar as taxas de juros.

Em relação às criptomoedas, o bitcoin subia depois de ter oscilado na terça-feira, quando uma mensagem de mídia social na conta da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC, na sigla em inglês) alegou que o órgão regulador havia aprovado fundos negociados em bolsa (ETFs) de bitcoin, mas mais tarde foi revelado que a postagem havia sido feita por uma pessoa não autorizada.

A SEC decidirá no final do dia se aprovará um pedido dos gestores de ativos Ark Investments e 21Shares para lançar um ETF de bitcoin à vista. Mais de uma dúzia de pedidos de ETFs de bitcoin, inclusive da BlackRock, Fidelity e VanEck, também estão pendentes na agência.

O índice do dólar tem se mantido em uma faixa estreita desde sexta-feira, quando ficou volátil, inicialmente saltando com os dados que mostraram fortes ganhos de empregos em dezembro, antes de cair com alguns detalhes subjacentes suaves do relatório de empregos.

O dólar enfraqueceu ainda mais na sexta-feira, depois que um relatório também mostrou que o setor de serviços dos EUA desacelerou consideravelmente em dezembro.

O índice de preços ao consumidor de quinta-feira é o próximo fator provável a influenciar o dólar. Espera-se que ele mostre que a inflação geral aumentou 0,2% no mês e 3,2% em uma base anual.,

Os operadores estão precificando a probabilidade de o Fed começar a cortar os juros em março, à medida que a inflação se aproxima novamente da meta de 2% do banco central dos EUA. Porém, com apostas agressivas de cortes na taxa básica já incorporadas aos preços, o dólar está se mantendo acima dos menores níveis em cinco meses atingidos no final de dezembro.

O índice do dólar, que mede a moeda norte-americana frente a uma cesta de pares, caía 0,14%, para 102,36. O euro avançava 0,36%, para 1,09700 dólar.

Continua após a publicidade

O dólar subia 0,84% frente à moeda japonesa, para 145,68 ienes.

No universo das criptomoedas, o bitcoin subia 0.64% para 46,438 dólares. O criptoativo atingiu brevemente a maior cotação em 21 meses de 47,897 dólares na terça-feira, após a postagem que a SEC atribuiu a um hacker.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes