Moraes derruba liminares que impediam assembleia da Eletrobras sobre incorporação de Furnas

SÃO PAULO (Reuters) - O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes acatou o pedido da Eletrobras e determinou nesta quinta-feira a cassação de liminares da Justiça que impediam a realização de uma assembleia pela companhia para votar a incorporação de sua subsidiária Furnas.

A assembleia extraordinária estava marcada para 29 de dezembro e acabou sendo suspensa por liminares do Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região e do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro movidas pela associação de empregados de Furnas (Asef).

O plano da companhia de energia para incorporar uma de suas maiores subsidiárias está alinhado às ações de busca por maior eficiência e enxugamento da estrutura da Eletrobras após a privatização, alega a administração da companhia.