Cemig nega rumores sobre renúncia de presidente

SÃO PAULO (Reuters) - A Cemig rejeitou nesta quarta-feira rumores do mercado publicados pela imprensa sobre uma possível renúncia do presidente da companhia, Reynaldo Passanezi Filho, segundo comunicado ao mercado.

A companhia de energia mineira "esclarece aos seus acionistas e ao mercado em geral que não há expectativa ou interesse do presidente em relação a sua renúncia ao cargo ou qualquer manifestação do conselho de administração neste sentido".

A Cemig afirmou ainda que o presidente "continua conduzindo o processo de transformação da Cemig através de uma gestão sustentável".

As mais lidas agora