Preços de importados nos EUA ficam inalterados em dezembro

WASHINGTON (Reuters) - Os preços de importados nos Estados Unidos ficaram inalterados em dezembro após duas quedas mensais consecutivas, mas a tendência da inflação importada permanece moderada.

A leitura inalterada dos preços de importados no mês passado seguiu-se a um declínio revisado de 0,5% em novembro, informou o Departamento do Trabalho nesta quarta-feira. Anteriormente, havia sido divulgada queda de 0,4% em novembro.

Economistas consultados pela Reuters previam que os preços de importados, que excluem tarifas, cairiam 0,5% em dezembro.

Nos 12 meses até dezembro houve queda de 1,6%, ante deflação de 1,5% em novembro. Os preços anuais de importação já caíram por 11 meses consecutivos.

O governo informou na semana passada que o aumento dos custos de moradia e saúde elevou os preços ao consumidor em dezembro. Os preços ao produtor, entretanto, caíram pelo terceiro mês consecutivo.

Embora a inflação geral permaneça acima da meta de 2% do Federal Reserve, os mercados financeiros estão apostando que o banco central dos EUA começará a cortar a taxa de juros em março, em meio a uma certa flexibilização das condições do mercado de trabalho.

Desde março de 2022, o Fed aumentou sua taxa de juros em 525 pontos-base, para a faixa atual de 5,25% a 5,50%.

(Reportagem de Lucia Mutikani)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes