Chinesa BYD lança carros elétricos na Indonésia e quer ser líder de mercado

JACARTA (Reuters) - A chinesa BYD, maior fabricante de veículos elétricos do mundo, apresentou nesta quinta-feira três modelos de veículos elétricos a bateria na Indonésia, buscando tornar-se líder de mercado na maior economia do Sudeste Asiático nesse segmento.

A BYD ultrapassou a Tesla como maior fabricante mundial de veículos elétricos no quarto trimestre, com a maioria dos 526 mil veículos vendidos indo para o mercado chinês.

Em 2023, a companhia chinesa vendeu 3,02 milhões de veículos elétricos, incluindo híbridos plug-in e veículos elétricos a bateria.

O presidente da BYD na Indonésia, Eagle Zhao, afirmou que a empresa quer alcançar a mesma posição de liderança de mercado já alcançada globalmente na Indonésia.

"É claro que na Indonésia também devemos ter metas muito ambiciosas desse tipo," disse ele a repórteres.

O Air EV da montadora chinesa Wuling Motors e o Ioniq 5 da sul-coreana Hyundai Motor foram os dois carros elétricos a bateria mais vendidos na Indonésia no ano passado.

No Sudeste Asiático, a BYD tem superado outras montadoras nas vendas de veículos elétricos, apoiada por modelos acessíveis e parcerias com distribuidores locais.

O ministro-chefe da Economia da Indonésia, Airlangga Hartarto, disse em uma mensagem de vídeo transmitida no evento de lançamento desta quinta-feira que a BYD planeja investir 1,3 bilhão de dólares em instalações com capacidade para produção de 150 mil veículos.

Zhao, da BYD, afirmou que a empresa está no cronograma para construir as instalações ainda este ano e que irá estabelecer uma rede de vendas com até 50 pontos em todo o país até o final de 2024.

Continua após a publicidade

(Reportagem de Stefanno Sulaiman)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes