Confiança do consumidor dos EUA aumenta com força em janeiro

WASHINGTON (Reuters) - A confiança do consumidor dos Estados Unidos melhorou em janeiro, atingindo o nível mais alto desde meados de 2021, em meio ao otimismo com as perspectivas de inflação e renda familiar, mostrou uma pesquisa nesta sexta-feira.

A leitura preliminar do índice geral de sentimento do consumidor da Universidade de Michigan ficou em 78,8 este mês, a leitura mais alta desde julho de 2021, em comparação com 69,7 em dezembro. Economistas consultados pela Reuters previam uma leitura preliminar de 70,0.

"As opiniões dos consumidores foram sustentadas pela confiança de que a inflação deu uma guinada e pelo fortalecimento das expectativas de renda", disse a diretora de Pesquisas dos Consumidores, Joanne Hsu, em um comunicado.

A leitura das expectativas de inflação de um ano caiu para 2,9% este mês, de 3,1% em dezembro. A perspectiva de inflação para cinco anos caiu para 2,8%, de 2,9% no mês anterior.

(Reportagem de Lucia Mutikani)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes