Lula diz que cuidará de salário dos professores quando economia estiver recuperada

Por Eduardo Simões

(Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva reconheceu nesta sexta-feira que os salários pagos aos professores no Brasil é baixo e disse que, uma vez que seu governo recupere a economia brasileira, tratará deste assunto para, segundo ele, "cuidar da educação com mais carinho".

"Outra coisa importante que a gente vai ter que resolver é que o salário de professor é pequeno, o piso", disse Lula em discurso de lançamento da pedra fundamental do futuro campus do Instituto de Tecnologia de Aeronáutica (ITA) que será construído na capital do Ceará, Fortaleza.

"Nós estamos tentando recuperar a economia desse país e quando a gente recuperar a economia desse país, a gente tem duas coisas que a gente tem que ter gratidão. Primeiro, a gente cuidar da educação com mais carinho, e cuidar da educação é melhorar o salário e a quantidade de trabalho dos professores brasileiros. E a outra coisa é a gente aumentar o salário mínimo todo ano", afirmou.

Lula também disse em seu discurso que o Brasil só é um país pobre porque, em sua avaliação, foi governado por "pessoas de cabeça pequena".

O presidente encerra nesta sexta uma viagem ao Nordeste, região que foi fundamental em sua vitória eleitoral em 2022. Além do Ceará, Lula participou de cerimônias para anúncios de obras e investimentos na Bahia e em Pernambuco.

Ele tem afirmado que, depois de uma intensa agenda internacional em seu primeiro ano de mandato, pretende viajar mais pelo Brasil em 2024, ano de eleições municipais.

(Por Eduardo Simões, em São Paulo)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes