Ações de Hong Kong saltam após BC da China anunciar corte de compulsório

Por Summer Zhen

HONG KONG (Reuters) - As ações de Hong Kong registraram seu melhor dia em mais de dois meses nesta quarta-feira depois que o banco central da China disse que cortará a taxa de compulsório dos bancos, uma medida que deverá impulsionar o sentimento após o colapso do mercado nesta semana, enquanto as ações do continente também se recuperaram.

As expectativas crescentes de que as autoridades chinesas venham a socorrer o mercado com mais medidas e as notícias de que Jack Ma adquiriu ações do Alibaba Group também melhoraram o sentimento geral do mercado. As ações da China fecharam em alta, mas antes do anúncio do corte de compulsório.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou com alta de 1,4%, enquanto o índice de Xangai subiu 1,8%, depois de atingir mínimas de cinco anos nesta semana, alimentadas pela preocupação com o enfraquecimento da economia.

O índice Hang Seng, de Hong Kong, disparou 3,56%, tendo sofrido seu início de ano mais volátil desde 2020 e depois de cair na segunda-feira para mínimas de 15 meses.

O banco central da China reduzirá a taxa de compulsório para os bancos em 50 pontos-base a partir de 5 de fevereiro, disse o presidente Pan Gongsheng nesta quarta-feira, o primeiro corte desse tipo no ano, enquanto as autoridades intensificam os esforços para apoiar uma recuperação econômica frágil.

A medida liberará 1 trilhão de iuanes (139,45 bilhões de dólares) para o mercado, disse o chefe do banco central em uma coletiva de imprensa em Pequim.

As ações do Alibaba em Hong Kong subiram 7,3%, atingindo o maior valor desde 4 de janeiro, depois que o New York Times informou que o cofundador Jack Ma e o presidente Joe Tsai compraram milhões de dólares em ações da gigante chinesa do comércio eletrônico no quarto trimestre. As ações da empresa listadas nos EUA saltaram quase 8% na terça-feira.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,80%, a 36.226 pontos.

Continua após a publicidade

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 3,56%, a 15.899 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 1,80%, a 2.820 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 1,40%, a 3.277 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,36%, a 2.469 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,01%, a 17.875 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,58%, a 3.153 pontos.

Continua após a publicidade

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,06%, a 7.519 pontos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes