Ações saltam com balanços positivos do setor de tecnologia e medida do BC da China

Por Shristi Achar A e Shubham Batra

(Reuters) - As ações europeias subiram mais de 1% nesta quarta-feira, impulsionadas pelos papéis de tecnologia, depois que a empresa de software SAP e a fabricante de equipamentos de fabricação de chips ASML Holding registraram fortes lucros, enquanto novos estímulos do banco central da China melhoraram ainda mais o humor de investidores.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 1,18%, a 477,09 pontos, atingindo o maior nível em uma semana.

As ações da empresa holandesa ASML Holding subiram 9,7%, após superar as estimativas de lucros do quarto trimestre e registrar suas melhores encomendas trimestrais. O índice AEX de Amsterdã ganhou 2,4%, atingindo o maior patamar em mais de dois anos.

As ações da SAP subiram 7,6%, atingindo um recorde depois que a empresa alemã divulgou que o lucro operacional em 2023 superou o consenso dos analistas e anunciou um plano de reestruturação para 2024 que afetará 8.000 funções, em um direcionamento para a inteligência artificial.

As duas ações lideraram os ganhos no setor de tecnologia, elevando o índice em 4,8%, para seu maior nível em mais de dois anos.

Aumentando ainda mais o apetite pelo risco, o banco central da China disse que reduzirá a quantidade de dinheiro que os bancos devem manter como reservas a partir de 5 de fevereiro, à medida que os formuladores de política monetária ampliam os esforços para sustentar uma frágil recuperação econômica.

"Os mercados europeus tiveram uma sessão muito mais positiva hoje, carregando o ímpeto do final positivo de ontem nos EUA, mas também recebendo um impulso depois que a China anunciou um corte de 0,5% na taxa do depósito compulsório dos bancos a partir de 5 de fevereiro", disse Michael Hewson, analista-chefe de mercado da CMC Markets UK.

As ações de empresas de luxo expostas à China, incluindo a LVMH, a Kering e a Richemont subiram entre 1,3% e 1,9%, enquanto as mineradoras de metais básicos e preciosos avançaram 2%.

Continua após a publicidade

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,56%, a 7.527,67 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 1,58%, a 16.889,92 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,91%, a 7.455,64 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,87%, a 30.338,35 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,16%, a 9.974,00 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,93%, a 6.327,36 pontos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes