FAA diz que aviões Boeing 737 MAX 9 poderão voltar a operar após inspeções

WASHINGTON (Reuters) - A Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA) disse nesta quarta-feira que as companhias aéreas podem voltar a operar os Boeings 737 MAX 9 aterrados assim que passarem por um processo completo de inspeção e manutenção.

A agência interrompeu os voos do modelo em 6 de janeiro após um incidente de emergência no ar.

Separadamente, a FAA afirmou que não concederá qualquer expansão na produção do MAX, incluindo o 737-9 MAX.

"Não concordaremos com qualquer solicitação da Boeing para uma expansão na produção ou a aprovação de linhas adicionais de produção para o 737 MAX até estarmos convencidos de que os problemas de controle de qualidade descobertos durante este processo estão resolvidos", disse o administrador da FAA, Mike Whitaker, em comunicado.

(Reportagem de David Shepardson)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes