CORREÇÃO-Lagarde se diz "orgulhosa e honrada" por liderar BCE apesar de pesquisa negativa 

(Corrige parágrafo 5 para indicar que Lagarde estava se referindo às pesquisas internas do BCE, e não à pesquisa do sindicato)

FRANKFURT (Reuters) - A presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, minimizou a importância de uma pesquisa em que a maioria dos funcionários do BCE disse que ela não era a pessoa certa para liderar o banco, afirmando que a missão de estabilidade de preços da instituição era mais importante.

“No que me diz respeito, sou irrelevante”, disse ela aos repórteres após a reunião de definição de políticas da autoridade monetária.

“Enquanto eu liderar esta instituição de pessoas talentosas que são motivadas a fazer o seu trabalho, o resto – eu como pessoa – é irrelevante”, disse ela.

O sindicato que representa os funcionários do BCE disse no início desta semana que a maioria dos funcionários considera que Lagarde não é a melhor pessoa para o cargo, de acordo com uma pesquisa.

Lagarde disse que o BCE realiza suas próprias pesquisas que proporcionam uma avaliação abrangente e útil.

“Prestamos muita atenção a essas respostas tecnicamente sólidas e agimos de acordo com elas e continuaremos a fazê-lo”, disse ela.

Dado que Lagarde não tinha experiência em bancos centrais, ao contrário dos seus antecessores, a sua nomeação como chefe do BCE em 2019 foi questionada por alguns analistas e políticos.

Lagarde disse que ainda está feliz e focada em seu papel.

Continua após a publicidade

“Estou extremamente orgulhosa do pessoal do BCE e estou muito orgulhosa e honrada por liderar a instituição, porque somos movidos por uma missão – proporcionar estabilidade de preços”, disse ela.

(Reportagem de Francesco Canepa)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora