Ações europeias fecham em leve alta com perdas no setor financeiro compensando ganhos de energia

Por Shristi Achar A e Shashwat Chauhan

(Reuters) - As ações europeias encerraram em ligeira alta nesta segunda-feira, depois de atingirem os maiores patamares em dois anos na sessão anterior, sustentadas pelo aumento dos papéis do setor de energia, enquanto as perdas nos setores de telecomunicações e financeiro mantiveram os ganhos sob controle.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 0,21%, a 484,84 pontos, próximo de seu nível mais alto em dois anos, atingido na sexta-feira, após seu melhor desempenho semanal em três meses.

As ações do setor de petróleo e gás mantiveram seus ganhos durante o dia, aumentando 1,0%, enquanto os preços do petróleo perderam força em uma sessão instável. [O/R]

No lado negativo, as telecomunicações caíram 0,8%, com a empresa finlandesa Elisa cedendo 4,5% depois que a corretora Inderes rebaixou sua recomendação.

Os bancos caíram 0,5%, enquanto os setores financeiros perderam 0,4%, prejudicados por uma queda de 3,7% na Schroders, depois que a Exane BNP Paribas rebaixou as ações da gestora de fundos do Reino Unido e a Jefferies levantou preocupações sobre os prêmios de preço-lucro da empresa.

Olhando para o futuro, o foco dos investidores estará agora na decisão sobre juros do Federal Reserve dos EUA desta semana, com apostas de uma pausa totalmente incorporadas e os operadores divididos quase igualmente sobre um primeiro corte em março, de acordo com a CME FedWatch Tool.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,03%, a 7.632,74 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,12%, a 16.941,71 pontos.

Continua após a publicidade

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,09%, a 7.640,81 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,48%, a 30.233,61 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,47%, a 9.890,30 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,36%, a 6.252,96 pontos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes