Ações europeias atingem novos picos em 2 anos com impulso de balanços

Por Shashwat Chauhan e Shristi Achar A

(Reuters) - As ações europeias fecharam em ligeira alta, depois de atingirem novos picos em dois anos nesta terça-feira, com investidores se reconfortando com resultados corporativos otimistas, enquanto o índice de ações de Paris, em que blue-chips têm forte peso, atingiu um novo pico recorde.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 0,16%, a 485,63 pontos, em sua quinta sessão consecutiva de ganhos, enquanto o índice de Paris CAC-40 atingiu picos recordes durante o dia.

O setor de bancos esteve entre os que mais subiram, com alta de 1,8%, impulsionado por um avanço de 6,2% no BBVA, depois que o lucro líquido do quarto trimestre do banco espanhol aumentou 32%.

O setor de automóveis também subiu 1,1%, com a Stellantis em alta de 3,8% depois que sua rival norte-americana General Motors apresentou aos investidores uma perspectiva otimista para 2024.

A expectativa é de que os lucros do quarto trimestre das empresas do STOXX 600 caiam 8,5% em uma base anual, abaixo da estimativa de queda de 8,8% da semana passada, mostraram dados do LSEG.

Geoff Yu, estrategista macroeconômico da Europa, Oriente Médio e África do BNY Mellon, disse que a reunião de janeiro do Federal Reserve na quarta-feira não deve ter surpresas ou altos impactos nos mercados, mas que "a reunião de março será muito mais importante... simplesmente não achamos que deva haver muito 'risco' (para os investidores europeus) na mesa de negociações para essa reunião"

Na Europa, o formulador de política monetária croata Boris Vujcic disse que a data exata para o início dos cortes nas taxas de juros do Banco Central Europeu é secundária, mas assim que começar a se movimentar, o banco central provavelmente o fará em pequenos incrementos com possíveis pausas.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,44%, a 7.666,31 pontos.

Continua após a publicidade

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,18%, a 16.972,34 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,48%, a 7.677,47 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 1,29%, a 30.623,27 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,51%, a 10.039,30 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,63%, a 6.292,61 pontos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes