Nasdaq fecha em baixa antes de balanços de grandes empresas de tecnologia, com Fed em foco

Por Stephen Culp

NOVA YORK (Reuters) - O índice de tecnologia Nasdaq perdeu terreno nesta terça-feira, conforme o mercado aguarda uma série de balanços corporativos de alto nível e o Federal Reserve inicia sua reunião de política monetária.

O S&P 500 fechou nominalmente em baixa, depois de atingir uma nova alta intradiária, enquanto o Dow, de blue-chips, terminou em alta.

As ações da Alphabet Inc e da Microsoft Corp caíram nas negociações pós fechamento depois que as empresas divulgaram seus relatórios de lucros trimestrais.

"Há muita apreensão com o início da divulgação dos lucros das 'sete magníficas'", disse Peter Tuz, presidente da Chase Investment Counsel em Charlottesville, Virgínia. "As ações tiveram um desempenho incrivelmente bom e há um pouco de cautela sendo expressada neste momento e talvez com razão."

Setores economicamente sensíveis, como o Dow Transports, chips e small caps tiveram desempenho inferior ao do mercado mais amplo.

O Departamento do Trabalho divulgou um aumento inesperado nas vagas de emprego, dando a entender que o mercado continua sólido demais para que o Fed considere a possibilidade de cortar sua taxa básica de juros já em março.

Espera-se que o Fed encerre sua reunião de política monetária na quarta-feira com uma decisão de manter sua taxa básica de juros em 5,25%-5,50%. A declaração que a acompanha e a conferência de imprensa subsequente do presidente do Fed, Jerome Powell, serão analisadas em busca de pistas sobre o momento e o número de cortes nas taxas este ano.

"Vou procurar uma linguagem que corresponda ao enredo que esperamos ver em 2024, que em algum momento do segundo trimestre veremos o início de uma redução nas taxas", acrescentou Tuz. "Vou ficar atento à linguagem que confirme que esse é o cenário mais provável."

Continua após a publicidade

A temporada de balanços do quarto trimestre começou a se intensificar, com anúncios feitos até agora por 144 das empresas do S&P 500. Dessas, 78% apresentaram lucros que superaram o consenso, de acordo com a LSEG.

Em termos agregados, os analistas agora esperam um crescimento de 5,5% nos lucros do quarto trimestre em relação ao ano passado, acima dos 4,7% registrados no início do mês, mostraram os dados da LSEG.

A United Parcel Service caiu 8,2% depois que a empresa de entrega de pacotes emitiu uma previsão de receita anual decepcionante, pesando sobre transportes.

General Motors saltou 7,8% depois que a montadora apresentou uma previsão otimista de lucros para 2024 e prometeu mais retorno de capital aos acionistas.

A Ford Motor subiu 2,0%.

O S&P 500 caiu 0,06%, encerrando em 4.924,97 pontos. O Nasdaq Composite Index caiu 0,76%, para 15.509,90 pontos, enquanto o Dow Jones Industrial Average subiu 0,35%, para 38.467,31 pontos.

Continua após a publicidade

Seis dos 11 índices setoriais do S&P 500 subiram, liderados pelo setor financeiro, com alta de 1,2%, seguido por um ganho de 1,01% no setor de energia.

O volume nas bolsas dos EUA foi relativamente baixo, com 10,3 bilhões de ações negociadas, em comparação com uma média de 11,5 bilhões de ações nas 20 sessões anteriores.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes