Pfizer tem lucro inesperado no 4º tri, mas vendas de produtos de destaque não alcançam expectativas

A Pfizer reportou um lucro trimestral inesperado nesta terça-feira, com o impulso de redução de custos e demanda maior do que o previsto por seu tratamento para a Covid, o Paxlovid, mas as vendas de alguns produtos de destaque não alcançaram as estimativas de Wall Street.

Os investidores pararam de visar a Pfizer no ano passado à medida que as preocupações com a pandemia diminuíam e os bilhões em vendas de vacinas e tratamentos para o coronavírus cessavam.

A empresa tem respondido a esse movimento com a recente aquisição de uma fabricante de medicamentos contra o câncer, a norte-americana Seagen, um programa de redução de custos de 4 bilhões de dólares e uma reestruturação interna.

"Este será um ano de execução. Montamos uma equipe que escolhi a dedo e que acredito serem os líderes absolutamente certos para" colocar em prática o plano de crescimento da Pfizer, disse o presidente-executivo da farmacêutica, Albert Bourla, em teleconferência com investidores.

A Pfizer prevê entre estabilidade e aumento de 5% para a receita de 2024.

A empresa não tem especificado quantas pessoas serão demitidas como parte do seu programa de redução de custos, mas anunciou mais de mil cortes de pessoal em locais como Reino Unido, Irlanda, Michigan, Nova York e Nova Jersey.

Jeff Jonas, gerente de portfólio da Gabelli Funds, disse estar preocupado com o desempenho não relacionado à Covid da companhia, depois que receitas de produtos como Ibrance, para tratamento de câncer de mama, e a vacina contra pneumonia Prevnar virem abaixo do esperado.

Ibrance, que está enfrentando forte concorrência de tratamentos rivais, viu as vendas caírem 12,6%, a 1,12 bilhão de dólares no trimestre, inferior às previsões dos analistas de 1,23 bilhão de dólares.

Prevnar teve vendas de 1,61 bilhão de dólares, abaixo das estimativas de 2 bilhões de dólares.

Continua após a publicidade

A farmacêutica lucrou 10 centavos por ação no quarto trimestre em base ajustada. Analistas esperavam, em média, prejuízo de 22 centavos por papel, segundo dados da LSEG.

A receita no período, de 14,25 bilhões de dólares, ficou aquém das estimativas de Wall Street de 14,42 bilhões.

As receitas do tratamento para Covid Paxlovid e da vacina contra o vírus Comirnaty totalizaram 12,5 bilhões de dólares em 2023, em linha com as metas da empresa para o ano, mas muito abaixo do pico de 57 bilhões alcançado em 2022.

(Por Bhanvi Satija e Sriparna Roy em Bengaluru e Michael Erman em Nova York)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes