Criação de vagas nos EUA salta em janeiro

Por Lucia Mutikani

WASHINGTON (Reuters) - A criação de vagas de emprego nos Estados Unidos acelerou em janeiro, provavelmente porque a resiliência da economia e a forte produtividade dos trabalhadores incentivaram as empresas a contratar e manter mais funcionários, uma tendência que pode proteger a economia de uma recessão este ano.

A economia norte-americana abriu 353.000 vagas de trabalho no mês passado, informou o Departamento do Trabalho nesta sexta-feira. Os dados de dezembro foram revisados para cima, mostrando 333.000 postos adicionados, em vez de 216.000 conforme informado anteriormente.

Economistas consultados pela Reuters previam abertura de 180.000 postos de trabalho em janeiro.

As estimativas variaram de 120.000 a 290.000. Os ganhos de emprego permanecem bem acima dos cerca de 100.000 por mês necessários para acompanhar o crescimento da população em idade ativa.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes