Encomendas à indústria dos EUA aumentam moderadamente em dezembro

WASHINGTON (Reuters) - As novas encomendas de produtos fabricados nos EUA tiveram um aumento moderado em dezembro, mas é provável que haja uma aceleração nos próximos meses, uma vez que os pedidos não atendidos continuaram a se acumular.

As encomendas à indústria aumentaram 0,2%, após alta de 2,6% em novembro, informou o Departamento de Comércio nesta sexta-feira. O aumento ficou em linha com as expectativas dos economistas, segundo pesquisa da Reuters. Os pedidos aumentaram 0,8% na comparação anual em dezembro.

O setor de manufatura, que responde por 10,3% da economia, está sendo limitado pelas altas taxas de juros, mas as perspectivas parecem promissoras.

O Federal Reserve deixou as taxas de juros inalteradas na quarta-feira. O presidente do Fed, Jerome Powell, disse aos repórteres que as taxas atingiram o pico e que elas cairão nos próximos meses.

O PMI da indústria do Institute for Supply Management se aproximou da zona de recuperação em janeiro.

Os pedidos de aeronaves civis aumentaram 0,4% em dezembro, depois de terem subido 84,1% em novembro, enquanto os pedidos de veículos automotores, peças e reboques aumentaram 0,9%. Houve também aumentos nos pedidos de metais primários, computadores e produtos eletrônicos, bem como de equipamentos elétricos, aparelhos e componentes.

As remessas de produtos manufaturados permaneceram inalteradas. Os estoques de produtos manufaturados subiram 0,1%, enquanto os pedidos não atendidos aumentaram 1,3%, depois de terem aumentado pela mesma margem em novembro.

(Por Lucia Mutikani)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes