Nagel diz que é muito cedo para BCE cortar juros em entrevista à FAS

BERLIM (Reuters) - É muito cedo para cortar as taxas de juros, afirmou o membro do Banco Central Europeu Joachim Nagel de acordo com uma entrevista ao jornal FAS publicada nesta sexta-feira.

"Na minha opinião, o cenário para os preços ainda não está suficientemente claro: portanto, é muito cedo para cortar as taxas de juros agora", disse ele.

Nagel também disse que parece que um "pouso suave" é possível para a zona do euro, o que significa "reduzir a inflação sem colocar muita pressão sobre a economia ao mesmo tempo".