Nasdaq e S&P 500 sobem com balanços de tecnologia; dados de empregos pesam

Por Ankika Biswas e Johann M Cherian

(Reuters) - O Nasdaq, índice carregado em ações de tecnologia, e o índice de referência S&P 500 subiam nesta sexta-feira, com investidores se animando com os robustos balanços trimestrais da Meta Platforms e da Amazon.com, enquanto um forte relatório de empregos continha o otimismo.

O crescimento do emprego nos EUA acelerou em janeiro e os salários tiveram o maior aumento em quase dois anos, sinais de força persistente no mercado de trabalho que podem dificultar o início do corte das taxas de juros pelo Federal Reserve em maio, conforme previsto atualmente pelos mercados financeiros.

"O forte relatório de empregos indica que a demanda no mercado de trabalho é maior do que a esperada", disse Richard Flynn, diretor administrativo da Charles Schwab UK.

"Embora taxas de juros mais baixas certamente sejam bem-vindas, está ficando cada vez mais claro que os mercados e a economia estão lidando bem com o ambiente de taxas altas, de modo que os investidores talvez estejam sentindo que a necessidade de flexibilização da política monetária seja menos urgente."

A Meta subia 20,0%, atingindo um recorde de alta, depois de emitir seus primeiros dividendos dias antes do 20º aniversário do Facebook. Outras empresas de mídia social, Snap e Pinterest, subiam 4,5% e 2,5%, respectivamente.

A Amazon.com saltava 6,9% depois que a companhia divulgou vendas de quarto trimestre acima do esperado e lucros com negócios de computação em nuvem impulsionados por ferramentas de inteligência artificial.

Pesando sobre o Dow, a Apple perdia 1,6% depois de prever uma queda nas vendas do iPhone e de prever uma receita geral de 6 bilhões de dólares, abaixo das expectativas.

Às 12:57 (de Brasília), o índice S&P 500 ganhava 0,55%, a 4.933,34 pontos, enquanto o Dow Jones caía 0,12%, a 38.472,74 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançava 1,06%, a 15.524,58 pontos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes