Lucro do Itaú Unibanco cresce 22,6%, para R$9,4 bi, no 4º tri

(Reuters) - O Itaú Unibanco reportou nesta segunda-feira lucro líquido recorrente de 9,4 bilhões de reais no quarto trimestre, alta de 22,6% em relação ao mesmo período do ano passado, em resultado marcado por crescimento de margem financeira e menor provisão para créditos de liquidação duvidosa.

Analistas esperavam, em média, lucro líquido de 9,38 bilhões de reais, conforme dados da LSEG.

O maior banco do país também divulgou projeções para 2024, incluindo previsão de crescimento de 6,5% a 9,5% da carteira de crédito total, que acumulou em 2023 expansão de 3,1%.

Também estimou que a margem financeira com clientes crescerá entre 4,5% e 7,5% e margem financeira com mercado, entre 3 bilhões e 5 bilhões de reais, após terminar o ano passado com expansão de 12,5% na margem financeira com clientes e com 3,3 bilhões de reais em margem financeira com o mercado.

As previsões ainda apontam aumento de 5% a 8% nas receita de prestações de serviços e resultados de seguros neste ano, quando o custo do crédito deve ficar entre 33,5 bilhões e 36,5 bilhões de reais.

"Entramos em 2024 otimistas e empenhados para entregar ainda mais valor aos nossos clientes, acionistas e colaboradores", afirmou o presidente do Itaú Unibanco, Milton Maluhy Filho, em comunicado.

Em 2023, o lucro líquido recorrente do banco alcançou 35,6 bilhões de reais, alta de 15,7% em relação a 2022.

No quarto trimestre, a margem financeira com clientes aumentou 8,5% ano a ano, enquanto a margem financeira com o mercado cresceu 12,4%. O retorno recorrente gerencial sobre o patrimônio líquido médio anualizado passou de 19,3% para 21,2%.

O custo do crédito recuou 6,7% na comparação ano a ano, com as despesas de provisão para créditos de liquidação duvidosa passando de 9,907 bilhões para 9,295 bilhões de reais. No terceiro trimestre, haviam sido de 9,212 bilhões de reais.

Continua após a publicidade

De acordo com os dados divulgados nesta segunda-feira, o índice de inadimplência total considerando 90 dias de atraso passou a 2,8% no quarto trimestre, ante 2,9% um ano antes e 3% no terceiro trimestre.

A carteira de crédito do Itaú Unibanco somava 1,176 trilhão de reais no final de dezembro do ano passado, de 1,141 trilhão de reais ao final de 2022.

DIVIDENDOS E RECOMPRA

O conselho de administração do Itaú Unibanco também aprovou nesta segunda-feira dividendos da ordem de 11 bilhões de reais, ou 1,125125 por ação, referente ao exercício de 2023, em complemento aos valores já declarados anteriormente relativos ao mesmo exercício, com previsão de pagamento em 8 de março.

O colegiado também aprovou o pagamento também no dia 8 de juros sobre o capital próprio (JCP) já declarados de 0,2693 real por ação e de 0,24724 real por ação.

Também em reunião nesta segunda-feira, o conselho aprovou programa de recompra de até 75 milhões de ações preferenciais, com prazo até agosto de 2025.

Continua após a publicidade

(Por Paula Arend Laier, com reportagem adicional de Patricia Vilas Boas)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes