Ações europeias sobem impulsionadas por papéis de energia; o índice alemão toca novo pico

Por Sruthi Shankar e Shashwat Chauhan

(Reuters) - As ações europeias avançaram nesta terça-feira com balanços fortes da BP e preços mais altos do petróleo impulsionando as gigantes do setor de energia, enquanto investidores avaliavam novos estímulos para os mercados financeiros da China.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 0,63%, a 486,76 pontos, com o índice de energia na liderança da alta, subindo 2,1% ao acompanhar o avanço nos preços do petróleo bruto.

A gigante do petróleo listada em Londres BP subiu 5,5% depois de divulgar balanços do quarto trimestre melhores do que os esperados e acelerar o ritmo de suas recompras de ações.

"Há também elementos de fortes comparações, particularmente nos números do quarto trimestre, quando o preço do petróleo aumentou significativamente após a invasão da Ucrânia pela Rússia", disse Richard Hunter, chefe de mercados da Interactive Investor.

As ações de mineradoras expostas à China também subiram 1,4% em meio a novas discussões sobre medidas de suporte das autoridades chinesas, enquanto o setor industrial também avançou 1,4%.

O índice DAX da Alemanha atingiu um novo pico recorde, impulsionado por um salto de 3,2% na Siemens Energy.

Ainda assim, havia um elemento de cautela depois que o chair do Federal Reserve, Jerome Powell, rechaçou a especulação de cortes iminentes nos juros, levando os investidores a reavaliar a trajetória da política monetária este ano.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,90%, a 7.681,01 pontos.

Continua após a publicidade

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,76%, a 17.033,24 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,65%, a 7.638,97 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,53%, a 31.116,75 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,62%, a 10.003,00 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,21%, a 6.236,62 pontos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes