Líder do governo na Câmara adiou reunião sobre pautas do novo ano legislativo, diz Haddad

Por Victor Borges

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse nesta terça-feira que uma reunião que ele teria com o líder do governo na Câmara dos Deputados, José Guimarães (PT-CE), e outros deputados sobre as pautas do governo no novo ano legislativo foi adiada a pedido de Guimarães.

O ministro não deu uma nova data para a reunião, mas afirmou que um encontro com senadores sobre o mesmo tema na sede da pasta ainda está mantido.

Na semana passada, o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, afirmou, depois de se reunir com Haddad, que ele, Guimarães, o líder do governo no Senado, Jaques Wagner (PT-BA) e o líder do governo no Congresso, senador Randolfe Rodrigues (sem partido-AP), teriam encontros para "preparar a retomada do Legislativo".

Questionado sobre se o cancelamento da reunião foi uma reação a falas duras do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), na abertura do ano legislativo na segunda-feira, Haddad negou e afirmou que "tudo está bem, vai dar tudo certo".

O discurso duro e cheio de cobranças de Lira tem como pano de fundo insatisfação com emendas parlamentares e mira na eleição do seu sucessor para a presidência da Casa, disseram à Reuters fontes que acompanham o embate mais recente entre o parlamentar e o Palácio do Planalto.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes