A partir de agora, todas as reuniões serão "ao vivo, diz diretora do Fed

WASHINGTON (Reuters) - A diretora do Federal Reserve, Adriana Kugler, sinalizou nesta quarta-feira, que não fechou a porta para um corte na taxa de juros, até mesmo no próximo mês, caso os dados mostrem que há necessidade de flexibilização da política monetária.

"Toda reunião é ao vivo: é assim que funciona. Não tomamos decisões nem fechamos a porta, porque receberemos novas informações; temos que reagir às novas condições", disse Kugler em um evento da Brookings Institution, destacando que as decisões do Fed seriam totalmente baseadas em dados.

"Não vamos tomar uma decisão agora para algo que será feito daqui a sete semanas: certamente março, maio, junho -- todas as reuniões daqui até o final do ano e daqui para frente serão ao vivo."