Diretora do Fed se diz "otimista" sobre inflação, embora continue como foco da política monetária

WASHINGTON (Reuters) - A diretora do Federal Reserve Adriana Kugler disse nesta quarta-feira que está "otimista" quanto à continuidade da queda da inflação, mas acrescentou que os formuladores de política monetária precisam ter mais certeza de que esse é o caso antes de reduzir a taxa básica de juros.

"Permanecerei focada no lado da inflação de nosso mandato duplo até que esteja confiante de que a inflação está retornando de forma duradoura à nossa meta de 2%", disse Kugler em seu primeiro discurso sobre política monetária desde que entrou para a diretoria do Fed em Washington, em setembro.

Embora também seja sensível ao mandato de emprego do Fed, ela disse que, neste momento, está confiante de que o crescimento do emprego continuará.

"Estou satisfeita com o progresso da inflação e otimista de que ele continuará", disse Kugler. Ela destacou que vê o arrefecimento do crescimento dos salários e uma mudança para uma redefinição de preços menos frequente por parte das empresas como razões para pensar que a inflação de serviços, em particular, continuará a diminuir.

Porém, embora tenha caracterizado os riscos para o emprego e a inflação como "praticamente equilibrados", ela disse que, se o progresso da inflação estagnar, a taxa de juros poderá ter de permanecer na faixa atual de 5,25% a 5,5% por mais tempo do que o esperado.

(Por Howard Schneider)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes