Minério de ferro se recupera da mínima de 2 semanas com esperanças de estímulos na China

(Reuters) - A maioria dos contratos futuros de metais e materiais ferrosos subiu nesta quarta-feira, juntamente com o mercado acionário chinês, depois que Pequim sinalizou que as autoridades estavam intensificando os esforços para apoiar os mercados em queda.

O contrato de minério de ferro de maio mais negociado na Bolsa de Mercadorias de (DCE) fechou em alta de 1,1%, a 944 iuanes (131,31 dólares) por tonelada, recuperando-se da mínima de mais de duas semanas atingida na sessão anterior.

O contrato mais ativo do minério de ferro para março na Bolsa de Cingapura ficou praticamente estável, em 125,05 dólares por tonelada.

"Em janeiro o minério de ferro registrou sua primeira perda mensal desde abril do ano passado, auxiliado pelo 'selloff' do mercado acionário doméstico, que pesou sobre a confiança, e uma desaceleração sazonal antes do Ano Novo Chinês", disseram analistas do Citi em nota.

As ações da China estenderam sua trajetória de recuperação, conforme os investidores aguardavam medidas mais poderosas de apoio ao mercado.

"As políticas de apoio da China têm sido um tanto desanimadoras; no entanto, vemos o risco inclinado para o lado positivo, já que o impulso para as medidas pode voltar a acelerar entre agora e a reunião do Congresso Nacional do Povo de março", disseram os analistas do Citi.

"Enquanto isso, os fundamentos do minério de ferro podem melhorar após o Ano Novo Chinês, já que as usinas retomarão a produção, apoiando a demanda por minério de ferro."

(Reportagem de Mai Nguyen em Hanói)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes