S&P 500 se aproxima da marca de 5.000 pontos com balanços e dados de emprego no foco

Por Johann M Cherian e Ankika Biswas

(Reuters) - Os índices acionários dos Estados Unidos tinham pouca movimentação nesta quinta-feira, com o S&P 500 muito próximo da marca de 5.000 pontos, conforme os investidores avaliavam balanços corporativos, dados de emprego e declarações de autoridades sobre cortes na taxa de juros.

A Walt Disney ganhava 8,5%, elevando os serviços de comunicação a um dos principais setores do S&P 500, depois que a gigante da mídia rebateu informou lucro acima do esperado, investimento em jogos e planos para lançar um serviço de streaming da ESPN em 2025.

A empresa também anunciou um plano de recompra de ações de 3 bilhões de dólares e um aumento de 50% nos dividendos.

A Spirit Airlines saltava 3,0% uma vez que espera operar com um fluxo de caixa positivo a partir do segundo trimestre, depois de registrar um prejuízo menor do que o esperado.

Mais da metade das empresas do S&P 500 divulgaram balanços trimestrais, com 81,2% superando as expectativas, em comparação com uma média de longo prazo de 67%, de acordo com dados da LSEG desta semana.

Em relação aos dados econômicos, um relatório do Departamento do Trabalho mostrou que o número de norte-americanos que solicitaram auxílio-desemprego caíram para 218.000 na semana encerrada em 3 de fevereiro, em comparação com a previsão dos economistas de 220.000.

"Ainda temos um mercado de trabalho bastante apertado neste momento, quando combinamos isso com os relatórios de emprego mais recentes", disse Jason Pride, chefe de estratégia de investimentos da Glenmede.

"Isso também ocorre em um momento em que alguns dos relatórios econômicos mais recentes estão melhores do que o esperado pelo Fed, com evidências de que a inflação ainda não se estabilizou em 2%."

Continua após a publicidade

Enquanto isso, o presidente do Fed de Richmond, Thomas Barkin, disse que os dados recentes sobre a economia dos EUA mais fortes do que o esperado podem se dever em parte à dificuldade de fazer ajustes sazonais precisos no início de um novo ano.

Na quarta-feira, o índice de referência S&P 500 alcançou novos picos recordes, aproximando-se de 5.000 pontos, já que os investidores ignoraram as incertezas sobre o cronograma de cortes na taxa de juros e o nervosismo em relação à estabilidade de alguns bancos regionais.

Às 12:32 (de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,06%, a 38.656,05 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 0,03%, a 4.993,40 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançava 0,17%, a 15.783,92 pontos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes