Índice japonês Nikkei recua de pico em 34 anos com realização de lucros

TÓQUIO (Reuters) - O índice Nikkei do Japão ficou praticamente estagnado nesta sexta-feira, recuando de um novo pico de alta de 34 anos já que os investidores venderam ações para obter lucros.

O índice Nikkei subiu 0,09%, para 36.897,42 pontos, depois de ter saltado 1,15%, para 37.282,26 pontos, seu maior valor desde fevereiro de 1990.

"Os investidores queriam vender ações quando o Nikkei atingiu a marca de 37.000 pontos. O ritmo dos ganhos foi muito rápido", disse Shuji Hosoi, estrategista sênior da Daiwa Securities.

O SoftBank Group saltou 8,72%, subindo pela segunda sessão consecutiva, depois que a empresa de investimentos em tecnologia voltou a registrar lucro pela primeira vez em cinco trimestres.

O salto nas ações também foi impulsionado por um aumento na quinta-feira de mais de 55% na Arm Holdings, da qual o SoftBank detém 90%, depois que a empresa britânica de tecnologia previu vendas e lucros trimestrais acima das expectativas de Wall Street.

A Fast Retailing, proprietária da marca Uniqlo, caiu 0,92%, exercendo o maior peso sobre o Nikkei.

Na China, os mercados do continente não abriram e o índice de Hong Kong fechou mais cedo devido ao feriado do Ano Novo Lunar.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,09%, a 36.897 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,83%, a 15.746 pontos.

Continua após a publicidade

. Em XANGAI, o índice SSEC permaneceu fechado.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, não teve operações.

. Em SEUL, o índice KOSPI não abriu

. Em TAIWAN, o índice TAIEX ficou fechado.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,15%, a 3.138 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,07%, a 7.644 pontos.

Continua após a publicidade

(Reportagem de Junko Fujita)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes