Conteúdo publicado há 2 meses

Brasil proíbe importações de tilápia do Vietnã enquanto aguarda revisão de protocolo sanitário

O Ministério da Agricultura do Brasil determinou a suspensão imediata das importações de tilápia do Vietnã, enquanto se aguarda uma revisão dos protocolos sanitários atuais, de acordo com um comunicado nesta quinta-feira.

O ministério citou preocupações específicas com relação à "introdução do vírus TiLV", que poderia prejudicar a indústria nacional.

A medida foi publicada no Diário Oficial da União no dia anterior, segundo o comunicado.

A decisão foi tomada após reuniões com o Ministério da Pesca e Aquicultura e representantes da indústria.

A proibição das importações de tilápia do Vietnã permanecerá em vigor até que a revisão do protocolo sanitário seja concluída, informou o governo.

O Vietnã foi o único país do qual o Brasil importou tilápia em 2023, disse o Ministério da Agricultura à Reuters em um comunicado separado.

O ministério disse que o Brasil importou 25 toneladas de tilápia do país asiático, um comércio que representa 118 mil dólares.

De acordo com os dados mais recentes disponíveis da Associação Brasileira de Piscicultura, a Peixe BR, o Brasil produziu 860.355 toneladas de peixe em 2022, 64% delas de tilápia.

A Peixe BR diz que a produção de tilápia do Brasil é relativamente pequena comparada a de países como a China, de onde vem cerca de um terço dos suprimentos globais, mas está crescendo.

Continua após a publicidade

Em 2022, o fornecimento global de tilápia foi de 6,5 milhões de toneladas, conforme estimado pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO).

O Brasil exportou 24 milhões de dólares em produtos de peixe em 2022, com a tilápia representando 98% do comércio, de acordo com o site da Peixe BR, que também mostra os EUA como o principal cliente do Brasil.

Um "surto de doença" não especificado, no entanto, reduziu as exportações brasileiras nos meses seguintes, de acordo com um relatório da FAO que abrange as vendas no primeiro semestre de 2023, quando as exportações brasileiras de tilápia caíram 32% em volume, para 3.319 toneladas.

Deixe seu comentário

Só para assinantes