Campos Neto diz que para ajuste de juros com credibilidade é preciso expectativas de inflação decrescentes

(Reuters) - O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse nesta quarta-feira que é preciso haver um movimento de expectativas de inflação decrescentes para que a autoridade monetária faça ajustes na taxa de juros "com credibilidade".

Durante palestra para a Frente da Economia Verde, em Brasília, Campos Neto ainda rejeitou a ideia de que os juros reais estejam subindo no Brasil. Ele afirmou que tanto os juros reais quanto os nominais estão em trajetória de queda.

(Por Luana Maria Benedito)