Dado do Caged de fevereiro será bastante expressivo, diz Haddad

SÃO PAULO (Reuters) - O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse nesta quarta-feira que o dado do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), a ser divulgado nesta quarta-feira à tarde, será "bastante expressivo".

Haddad repetiu indicação já feita na véspera pelo ministro da Casa Civil, Rui Costa. A expectativa em pesquisa da Reuters é de que os dados desta quarta-feira mostrem abertura de 245 mil empregos formais no Brasil no mês passado.

Em entrevista à rádio Itatiaia nesta manhã, Haddad disse que o governo tem "boa vontade" total para equacionar o problema da dívida dos Estados, acrescentando que o Congresso tem pressa em receber o projeto do Executivo para essa questão, de forma que a equipe econômica tentará enviá-lo antes do prazo máximo estipulado de 60 dias.