Bolsas

Câmbio

Petrobras despenca abaixo de R$ 5 e leva Bovespa a níveis de 2009


O Ibovespa operou em queda, em linha com a Europa e em dia de feriado nos Estados Unidos e de vencimento de opções sobre ações na Bovespa. O índice piorou o desempenho nos ajustes do fechamento e encerrou em queda de 1,64%, perdendo os 38 mil pontos e encerrando a 37.937 pontos. Ainda é a menor cotação desde março de 2009. O mercado aguarda uma rodada de números da China nessa madrugada.

O índice foi pressionado por Petrobras. As ações PN da Petrobras despencaram e fecharam em queda de 7,15%, para R$ 4,80, mínima desde novembro de 2003. As ON caíram 6,11%, para R$ 6,30, menor nível também desde novembro de 2003. O barril do petróleo na Inglaterra recuou 0,79%, após a retirada de sanções ao Irã, o que deve ampliar a produção da commodity.

Do outro lado, o minério de ferro subiu 3,74% na China, atingindo US$ 42,66 por tonelada. Ações do setor reagiram na parte da manhã, mas algumas perderam fôlego à tarde. Gerdau Metalúrgica PN ficou estável, Vale ON recuou 5,12% e Vale PNA caiu 4,66%. Gerdau PN subiu 2,02%, Usiminas PNA avançou 6,25% e CSN teve ganho de 0,94%.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos