Bolsas

Câmbio

Lucro da Suzano dobra no 2º trimestre

A Suzano Papel e Celulose registrou lucro líquido de R$ 954,3 milhões no segundo trimestre, pouco mais que o dobro do ganho registrado um ano antes, na esteira da forte melhora do resultado financeiro e do crescimento da receita líquida, explicado pelo maior volume de vendas de celulose, pela desvalorização do real, na comparação anual, que compensou a redução do preço de referência da matéria-prima, e pelo aumento dos preços de papel no mercado interno.

De abril a junho, a companhia apurou receita financeira líquida de R$ 772,8 milhões, impulsionada pelo impacto positivo da variação cambial na parcela da dívida que está denominada em moeda estrangeira, frente a resultado líquido positivo de R$ 68 milhões um ano antes.

Já a receita líquida da companhia subiu 5,1% no trimestre, para R$ 2,5 bilhões. O resultado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) caiu 1,1% na comparação anual, a R$ 946,7 milhões. Pelo critério ajustado, houve alta de 0,9%, a R$ 967,3 milhões, com margem Ebitda ajustada de 38,6% - que se compara a 40,2% um ano antes.

Ao fim de junho, a dívida líquida da Suzano era de R$ 10,2 bilhões, queda de 9,3% ante o endividamento em 31 de março. A alavancagem financeira, considerando-se o Ebitda ajustado, estava em 2,1 vezes, com queda de 0,2 ponto percentual em três meses.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos