Lucro da AES Tietê sobe 19% no segundo trimestre

A AES Tietê terminou o segundo trimestre do ano com lucro líquido atribuível aos acionistas controladores de R$ 103 milhões, alta de 19,4% com o resultado do mesmo intervalo do ano passado.

A receita líquida caiu 38,2%, para R$ 412 milhões, refletindo o término do contrato bilateral com a Eletropaulo no fim de 2015 e a venda de energia nos mercados livre e regulado. O preço médio da energia comercializada pela companhia passou de R$ 194,12 por megawatt-hora (MWh) para R$ 143,83 por MWh.

O resultado antes de lucro, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) caiu 10%, para R$ 267,9 milhões.

Segundo a AES Tietê, o desempenho foi afetado positivamente pela redução do risco hidrológico (medido pelo fator GSF, na sigla em inglês). O efeito resultou em um menor volume de compra de energia. Esse fator, combinado aos preços menores da energia vendida no mercado de curto prazo, possibilitaram uma redução de R$ 214,1 milhões nos custos da companhia com compra de energia no mercado de curto prazo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos