PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Dólar dispara na abertura e ultrapassa R$ 3,21

17/08/2016 09h41

O dólar comercial iniciou a sessão em alta firme, rompendo já no início dos negócios a marca dos R$ 3,21. Operadores atribuem o movimento a dois fatores: o ambiente internacional, onde a espera pela ata do Fed gera cautela e pressiona divisas emergentes; e à atuação do Banco Central, que vem ofertando US$ 750 milhões por dia em swaps reversos, o que intensifica o movimento de desvalorização do câmbio aqui.

Às 9h28, o dólar operava perto da máxima da manhã, a R$ 3,2210, alta de 0,91%. No mesmo horário, outras emergentes perdiam, mas com menor intensidade: o dólar sobe 0,49% ante o peso mexicano, ganha 0,35% na comparação com o rand, avança 0,17% em relação à lira e tem alta de 0,29% na comparação com o rublo.

"O real ainda acumula o maior ganho no ano e, com a atuação do BC, acaba tendo uma performance pior", diz um profissional.