Bolsas

Câmbio

Juros futuros longos sobem em dia de volume fraco com feriado nos EUA

As taxas dos contratos futuros de juros de curto prazo recuaram enquanto os juros longos subiram na BM&F em dia de giro financeiro fraco por conta do feriado do Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos.

O DI para janeiro de 2018 caiu de 12,14% para 12,13%, enquanto o DI para janeiro de 2019 avançou de 11,68% para 11,69%. O DI para janeiro de 2021 subiu de 11,83% para 11,88%. Por volta das 16h10, havia o registro de 636.640 contratos negociados, que somavam R$ 52,510 bilhões, 36,46% do giro financeiro registrado ontem.

O Tesouro Nacional vendeu hoje 4 milhões de Letras do Tesouro Nacional (LTN) e 679.150 papéis pós-fixados (LFT) de um total de 1 milhão de papéis ofertados, que somaram R$ 5,641 bilhões.

As delações premiadas de executivos ligados à Odebrecht são vistas como um ponto de cautela pelo mercado. As delações não devem ser assinadas hoje, devido ao feriado nos EUA, disse ao Valor uma fonte. De qualquer forma, mantém-se a incerteza sobre o que pode vir dos depoimentos e de que forma eles podem afetar políticos da base do governo. O receio é de algum prejuízo às negociações do governo Temer com o Congresso para a votação de reformas consideradas essenciais para o Brasil sair da recessão e reequilibrar as contas públicas.

No mercado externo, o sentimento ainda é de cautela, apesar do dia calmo com o feriado nos Estados Unidos. Ontem, a ata da última reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) mostrou que os membros do Federal Reserve, banco central americano, argumentaram que uma alta da taxa de juros em dezembro é necessária para a preservar a credibilidade do Fed.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos