Bolsas

Câmbio

Exportação de produtos químicos sobe 14,5% em janeiro, aponta Abiquim

As exportações de produtos químicos somaram US$ 1,1 bilhão em janeiro, com alta de 14,5% na comparação anual e queda de 2,9% ante dezembro, de acordo com dados preliminares da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim). O volume exportado, de 1,5 milhão de toneladas, foi 6,4% e 11% maior, respectivamente, nas mesmas bases de comparação.


Conforme o levantamento, as resinas termoplásticas foram os produtos químicos mais exportados no primeiro mês do ano, com US$ 192,5 milhões ou 17,8% das vendas externas da indústria.


Já as importações totalizaram US$ 2,7 bilhões em janeiro, com alta de 11,4% na comparação com o mesmo mês no ano passado e baixa de 2,2% em relação a dezembro. Em volume, as compras externas somaram 3,8 milhões de toneladas, o patamar mais elevado já observador para o mês de janeiro, conforme a Abiquim.


"Os produtos químicos para o agronegócio impulsionaram as importações no mês, sobretudo os intermediários para fertilizantes cujas compras externas de 2,5 milhões de toneladas (US$ 558 milhões) registraram um forte aumento, de 158,2%, em relação a janeiro de 2016", informa.


Diante desse desempenho, o déficit na balança comercial do setor foi de US$ 1,6 bilhão em janeiro e de US$ 22,1 bilhões em 12 meses.


"Os volumes de importações, sobretudo de produtos para o agronegócio, estão entre os patamares mais elevados de toda a série histórica. Ainda parece precoce, contudo, quantificar o déficit setorial em 2017, pois seu tamanho será muito influenciado pela velocidade da recuperação da atividade econômica, pelo comportamento dos preços internacionais e pelo câmbio, fatores estes que ainda estão se moldando para o transcurso do ano", explica adiretora de Assuntos de Comércio Exterior da Abiquim, Denise Naranjo, em nota.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos