Bolsas

Câmbio

No ano, superávit da balança ultrapassa US$ 11,1 bilhões

O superávit acumulado pela balança comercial brasileira superou os US$ 11,1 bilhões no ano até a terceira semana de março. As informações foram divulgadas hoje pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.


Somente na terceira semana do mês, a balança registrou superávit de US$ 1,437 bilhão, decorrente de exportações de US$ 4,262 bilhões e importações de US$ 2,825 bilhões. Em março, o superávit soma US$ 3,854 bilhões.


As exportações nas três primeiras semanas do mês subiram 22% pelo critério de média diária, quando comparadas a março de 2016. Por essa métrica, a principal influência de alta foi dos produtos básicos, que avançaram 34,4%, para US$ 451,3 milhões. Entre os básicos, puxaram as vendas de minério de ferro, petróleo em bruto, soja em grão, carnes suína e de frango e café em grão.


A venda de manufaturados também cresceu 11% para US$ 311,3 milhões no mês, por conta de automóveis de passageiros, óleos combustíveis, veículos de carga, tubos flexíveis de ferro ou aço, hidrocarbonetos e seus derivados halogenados. O embarque de semimanufaturados avançou 9,2% para US$ 104,8 milhões, influenciado por produtos semimanufaturados de ferro/aço, celulose, açúcar em bruto, ferro-ligas e ouro em formas semimanufaturadas.


A média diária de importações também cresceu 12,3% nas três semanas de março, quando comparada ao mesmo mês de 2016, para US$ 590,2 milhões. Nesse comparativo, cresceram os gastos, principalmente, com bebidas e álcool (112,6%), equipamentos elétricos e eletrônicos (36,5%), combustíveis e lubrificantes (31,5%), plásticos e obras (19,0%) e químicos orgânicos e inorgânicos (14,3%).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos