Topo

Prumo suspende assembleia de acionistas que avaliaria oferta pública

11/07/2017 13h10

A Prumo Logística, ex-LLX de Eike Batista, confirmou a suspensão, por 48 horas, da assembleia de acionistas que seria realizada na manhã desta terça-feira (11) para deliberar sobre a escolha de um novo avaliador e um novo laudo para a oferta pública de aquisição de ações (OPA) da companhia, com objetivo de fechar o seu capital.


A informação foi antecipada mais cedo pelo Valor PRO, serviço de informação em tempo real do Valor.


A assembleia especial de acionistas titulares de ações em circulação no mercado foi suspensa a pedido do Itaú Unibanco, detentor de 4,75% dos papéis da Prumo. Segundo comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), com o adiamento, a reunião de acionistas será retomada na quinta-feira (13), às 10h.


Ontem, a Prumo informou ter recebido correspondência do controlador, o fundo americano EIG, concordando em aumentar o preço da OPA de R$ 10,53 para R$ 11,50 ? um prêmio de 11,65% em relação à cotação dos papéis da empresa ontem, de R$ 10,30.


Com o aumento do preço da oferta, carta do Itaú também divulgada ontem informa que o banco iria solicitar a suspensão da assembleia, para que o mercado pudesse estar totalmente informado sobre os novos termos da transação.

Mais Economia