ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Demanda no transporte aéreo doméstico sobe 1,6% em junho

26/07/2017 17h27

A demanda de passageiros por viagens aéreas domésticas subiu 1,6% em junho, na comparação com igual mês de 2016. A oferta diminuiu 1%, após três altas consecutivas, e a taxa de ocupação alcançou 80,1%, alta de 2,7 pontos percentuais sobre um ano antes.


Os dados foram informados há pouco pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).


No primeiro semestre, a demanda subiu 0,6%, enquanto a oferta caiu iguais 0,6%, frente ao mesmo intervalo de 2017. A taxa de ocupação teve variação positiva de 1,2 ponto percentual, para 80,2%.


Em junho a Gol respondia por uma participação de mercado de 35,2%, queda de 1 ponto percentual sobre um ano antes. A Latam detinha fatia de 32,7%, baixa de 2,1 pontos percentuais na comparação anual.


A Azul elevou sua participação em 1,3 ponto percentual, para 18,1%. A Avianca respondeu por 13,4% da demanda doméstica, aumento de 2 pontos percentuais.


Carga


O volume de carga e correio embarcado no mercado doméstico atingiu 34,7 mil toneladas em junho, o que representou queda de 0,5% sobre um ano antes. No semestre, a baixa acumulada é de 1,5%.


Transporte internacional


A demanda internacional das empresas aéreas brasileiras apresentou aumento de 14,8% em junho. A oferta cresceu 12,5%. A taxa de ocupação subiu 2,1 ponto percentual, para 84,9%.


No acumulado de janeiro a junho, a demanda internacional cresceu 11,7% e a oferta subiu 7,2%, em relação a um ano antes.


Em junho foram transportadas 18,9 mil toneladas de carga e correio, o que representou um aumento de 43,9% ante um ano antes, maior nível para o mês desde o início da série histórica, em 2000. O indicador acumulou aumento de 17,2% nos seis primeiros meses do ano.

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia