Bolsas

Câmbio

Ibovespa tem leva alta com balanços positivos e fraco movimento

Em um dia de fraco movimento financeiro, o Ibovespa fechou em leve alta de 0,10% aos 68.355 pontos e movimentou R$ 5,5 bilhões. A divulgação de resultados financeiros positivos do segundo trimestre e a disputa entre investidores comprados e vendidos no índice futuro, que vence amanhã, são os fatores que colocaram o Ibovespa no terreno positivo.


De acordo com operadores, após o fim da disputa entre os investidores comprados e vendidos no vencimento do Ibovespa futuro é possível que o índice ingresse em uma trajetória de alta e possa chegar aos 69 mil pontos.


Entre as ações do Ibovespa, a maior alta ficou com os papéis ordinários da Estácio, que subiram 4,25%, seguidos pelas ações da Kroton, que ganharam 3,31% e os papéis da Klabin, com valorização de 2,64%. As ações da Kroton subiram pelo terceiro dia consecutivo depois que a empresa reportou resultados financeiros do segundo trimestre acima das projeções do mercado.


No setor de commodities, as ações da Petrobras descolaram do comportamento do preço do petróleo no mercado internacional. Os contratos futuros WTI para setembro fecharam em baixa de 0,08% a US$ 47,55 o barril. Aqui, as ações preferenciais da Petrobras subiram 0,54% e os papéis ordinários ganharam 0,15%.


Já as ações ordinárias da Vale recuaram 0,58% e os papéis PNA - que saíram da carteira do Ibovespa devido à migração de ações - recuaram 0,07%. O movimento financeiro com as ações PNA da mineradora foi um dos destaques do dia, com giro de R$ 237,38 milhões enquanto as ações ordinárias movimentaram R$ 549,47 milhões. De acordo com operadores, uma das possibilidades para a intensidade das operações com as ações preferenciais seria uma aposta de que a empresa pode abrir um programa de recompra de ações preferenciais que ficaram fora da migração.


Na ponta oposta, as maiores quedas do dia ficaram com as ações da Sabesp, que recuavam 6,58%, e da Copel, com baixa de 4,62%.


As ações da Sabesp recuaram devido à um movimento de readequação das carteiras dos fundos. Na sexta-feira, a Arsesp, órgão regulador do setor, apresentou um reajuste de 4,4% para as tarifas, abaixo dos 10% a 14% esperado anteriormente pelos investidores. Ainda haverá uma audiência pública para discutir a nota técnica preliminar da Aserp.


As ações da Copel caíram após a alta de 9,40% do dia anterior. Segundo operadores, ontem houve um movimento de cobertura de posições vendidas da empresa, o que elevou o preço do papel. O movimento de cobertura ocorreu depois que a empresa anunciou que não dará continuidade ao processo de capitalização.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos