Bolsas

Câmbio

Meirelles diz que governo busca o "máximo" de economia com reforma

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou hoje que a reforma da Previdência tem uma "chance elevada" de aprovação na Câmara dos Deputados neste ano e que isso já seria um "passo decisivo" na tramitação do tema no Congresso Nacional.


"Acredito que, sendo aprovada a reforma na Câmara neste ano, já teremos dado um passo decisivo. E aí o Senado acredito que focará de maneira importante nisso, ficará faltando apenas aquela casa. Portanto acredito que a mensagem será muito boa para todos", disse.


Ele afirmou que a idade mínima é um ponto não negociável nas discussões sobre a reforma e que o governo busca o "máximo" possível de economia fiscal com o projeto.


Meirelles foi questionado sobre a quantidade insuficiente de votos para aprovação do tema. Ele respondeu que o governo fará uma "conversa" com parlamentares a respeito da importância do tema. Segundo ele, a Previdência é o próximo "passo importante", mas há outros temas a serem debatidos em seguida - como outras medidas de ajuste fiscal como a tributação de fundos exclusivos.


O ministro voltou a mencionar um relatório do Banco Mundial hoje com sugestões de medidas a serem adotadas pelo Estado brasileiro e disse que o governo analisará o documento para verificar o que é "possível" fazer. Segundo ele, a criação de empregos é a "melhor política social". Fazendo novamente menção ao crescimento, o ministro afirmou que não há mais dúvida sobre a retomada, uma vez que empregos têm sido criados. Ontem, o Ministério do Trabalho informou que foram criadas 76 mil vagas formais em outubro, o maior saldo positivo mensal no ano.


As declarações foram dadas antes de audiência pública conjunta Câmara dos Deputados entre as Comissões de Finanças e Tributação, de Fiscalização Financeira e Controle, de Trabalho, de Administração e Serviço Público e de Indústria Comércio e Serviços.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos