Bolsas

Câmbio

Consumo aparente de aço tem ligeira queda em outubro, diz Aço Brasil

As siderúrgicas brasileiras recuperaram no mês passado parte do mercado que haviam perdido para produtos estrangeiros, com destaque para a demanda do segmento de aços longos, segundo dados do Instituto Aço Brasil.


Durante outubro, o consumo aparente de produtos siderúrgicos ? um índice que reúne tanto as vendas internas quanto as importações ? totalizou 1,65 milhão de toneladas, leve queda de 0,1% em comparação anual. Sobre o mês imediatamente anterior, houve recuo mais forte, de 6,4%.


A quase estabilidade foi possível porque, apesar de a entrega das usinas ter diminuído, as importações também foram menores. Além disso, enquanto o consumo de aços planos ? mais destinados ao setor automotivo e para a fabricação de eletrodomésticos, por exemplo ? piorou, houve recuperação substancial de longos ? fornecidos à construção.


As vendas internas das siderúrgicas avançaram 6,8% em outubro, ante o mesmo período de 2016, para 1,47 milhão de toneladas. Considerando só produtos planos, houve queda de 0,8%, para 840 mil toneladas, mas em longos foi observada alta de 19%, para 628 mil toneladas. As vendas totais caíram 5,1% em relação a setembro.


Já o nível de importação foi a 186 mil toneladas, 34% a menos em comparação anual e baixa de 15,8% de um mês para o outro.


"Foi o maior incremento em comparação anual para as vendas internas de longos desde o começo de 2011", segundo relatório do Itaú. "Acreditamos que os volumes mais fortes se explicam principalmente pela tendência melhor do setor industrial, além de uma recuperação modesta da construção civil."


Os dados do Aço Brasil também mostram que a produção de aço bruto no país chegou a 3,05 milhões de toneladas no mês passado. Em comparação anual, há aumento de 3,9%, e sobre setembro, avanço de 2,9%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos