Bolsas

Câmbio

Minoritários protocolam queixa na Anatel contra executivos da Oi

A Associação dos Investidores Minoritários (Aidmin) informou nesta quinta-feira, por meio de nota, que protocolou notificação na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) com queixa contra gestores da Oi por supostas práticas ilegais que teriam causado prejuízos à companhia, a seus acionistas e clientes.

A notificação cita especificamente o presidente da Oi, Eurico Teles; o diretor financeiro, Carlos Augusto Brandão; e o presidente do conselho de administração transitório da operadora, José Mauro Mettrau Carneiro da Cunha.

O texto menciona uma suposta associação criminosa entre antigos acionistas, diretores, membros e ex-membros da administração da Oi, os quais teriam "de forma organizada, metódica e frequente praticado ao longo de anos atos ilegais" com a finalidade de obter vantagens.

Representantes da Aidmin estiveram presentes à reunião de acionistas realizada no Rio de Janeiro, em 7 de fevereiro, tendo votado pela abertura de processos de responsabilidade civil contra Teles e Brandão, em linha com o posicionamento da Pharol (ex-Portugal Telecom) e com o investidor Nelson Tanure. Tanto a Pharol como Tanure vêm se opondo aos termos do plano de recuperação judicial da companhia aprovado em dezembro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos