ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 1.Ago.2018
Topo

Hydro admite bauxita e soda cáustica em água descartada pela Alunorte

12/03/2018 09h23

O grupo norueguês Norsk Hydro informou no domingo (11) que a refinaria de Alunorte, em Bacarena (PA), realizou uma descarga controlada de água de chuva em um período em que não possuía licenças e que, embora tenha sido tratada, ela pode conter poeira de bauxita e traços de soda cáustica.

Segundo a empresa, a decisão foi tomada para aliviar a pressão sobre a estação de tratamento de água da fábrica. A água foi escoada via o Canal Velho para o rio Pará. É a primeira vez que a Norsk Hydro admite que realizou descargas de água e outros componentes no rio Pará. Até o momento, ela vinha negando qualquer tipo de vazamento.

"A descarga de água de chuva tratada em 17 de fevereiro e periodicamente entre 20 e 25 de fevereiro não estão cobertas pelas atuais licenças", diz trecho do comunicado da Norsk Hydro.

A companhia afirma que a decisão de jogar a água no rio Pará foi informada à Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (Semas), mas não às comunidades locais.

A Norsk Hydro afirma que a água não entrou em contato com os depósitos de resíduos de bauxita e que amostras coletadas não indicam qualquer impacto ambiental.

Mais Economia