PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

BR Pharma tem prejuízo de R$ 151 milhões no primeiro trimestre

19/06/2018 10h08

A Brasil Pharma, em recuperação judicial, teve prejuízo de R$ 151,4 milhões no primeiro trimestre deste ano, um recuo de 34% ante as perdas de R$ 230,9 milhões registradas no mesmo período de 2017.Também na comparação anual, a receita recuou 88,6%, para R$ 14,7 milhões.

De janeiro a março de 2018, o custo dos bens e serviços vendidos caiu 65,9%, para R$ 30,9 milhões.

O prazo final para a divulgação dos balanços do primeiro trimestre foi 15 de maio, mas a Brasil Pharma atrasou o envio diversas vezes. Uma das previsões era 24 de maio, depois foi adiado para 8 de junho e posteriormente para ontem (18). O balanço, contudo, saiu na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) somente nesta terça-feira (19).

No último comunicado, de 7 de junho, a empresa havia informado que os atrasos se justificavam por não ter sido possível concluir, até aquela data, os procedimentos internos de revisão das informações financeiras, o que prejudicou a reunião do conselho de administração para aprovar o balanço. O colegiado se reuniu na segunda-feira (18).

Além do balanço, o conselho aprovou ontem a suspensão das atividades de varejo nas unidades remanescentes de operação própria.Em abril de 2018, a Brasil Pharma suspendeu as atividades de 53 lojas na Bahia, 100 no Pará e 64 em Pernambuco, referentes às redes Santana e Big Ben.

No mesmo mês, o plano de recuperação judicial foi apresentado na 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais da Comarca de São Paulo.