Bolsas

Câmbio

Corte dos EUA encerra ação coletiva da Petrobras em 1ª instância

A Petrobras informa que o acordo para encerrar a ação coletiva nos Estados Unidos foi aprovado, de forma definitiva pela Corte Federal de primeira instância em Nova York.

Conforme comunicado divulgado na manhã desta segunda-feira (25), a aprovação ocorreu na última sexta-feira (22) e ainda pode ser objeto de recurso à Corte Federal de Apelações do Segundo Circuito mas, a partir de agora, está encerrada em primeira instância.

"O acordo não constitui admissão de culpa ou de prática de atos irregulares pela Petrobras, reconhecida pelas autoridades brasileiras como vítima dos fatos revelados pela Operação Lava-Jato", reiterou a empresa, no comunicado.

A Corte Federal de Nova York já havia aprovado o acordo de forma preliminar no dia 1º de março deste ano. Em 3 de janeiro, a Petrobras firmou compromisso para finalizar a ação de grupo de acionistas e detentores de títulos da estatal, em decorrência de prejuízos provocados por seu envolvimento nos desvios de recursos investigados pela Operação Lava-Jato. A Petrobras concordou em pagar US$ 2,95 bilhões aos investidores.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos