Bolsas

Câmbio

Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://economia.uol.com.br/album/2016/09/23/livro-conta-a-historia-do-dinheiro-no-brasil-dos-reis-aos-reais.htm
  • totalImagens: 19
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20160923200414
    • Moedas [13398]; Dinheiro [13305]; Economia [22373];
Fotos

O livro "Papel Moeda" (Bentes Editores Associados), de Fernando Antunes e Rodrigo Maldonado, conta a história do dinheiro no Brasil. Na foto, a primeira moeda a circular no país, em 1568, de 10 réis, em cobre. Ela foi cunhada em Portugal e enviada para circular na Colônia por ordem do rei D. Sebastião. Clique nas fotos acima para ver mais Divulgação Mais

Na foto, primeira moeda com o nome Brasil, que foi cunhada a partir de 1645 pelos holandeses, durante a ocupação em Pernambuco Divulgação Mais

Na foto, primeiro bilhete lançado no país, precursor das atuais cédulas. Eles foram emitidos pelo Banco do Brasil, criado por Dom João 6º, e colocados em circulação em 1810 Divulgação Mais

Cédula traz desenho da vista da avenida Beira-Mar no Passeio Público, centro do Rio de Janeiro, nos anos 1920. O reverso da cédula de 10 mil réis, que circulou entre 1925 e 1942, mostra uma antiga paisagem do Rio de Janeiro. A foto provavelmente foi tirada do alto do Palácio Monroe, que era sede do Senado na então capital federal Divulgação Mais

Na foto, cédula de 10 mil réis que circulou no período do Império, a partir de 1835, mostra uma efígie de Dom Pedro 2º ainda menino Divulgação Mais

Cédula de 2 mil réis, de 1900. A jovem que serviu de modelo para a foto teria tido um caso amoroso com Joaquim Murtinho, ministro da Fazenda do governo Campos Salles Reprodução Mais

Nota de 50 mil réis que circulou durante o período do Império. Traz nova imagem de Dom Pedro 2º, agora jovem Divulgação Mais

Cédula que circulou na década de 1970 faz uma homenagem às raças que compõem a nação brasileira. A cédula foi lançada em 1972, durante as comemorações dos 150 anos da Independência do Brasil Divulgação Mais

Nota de 1.000 cruzeiros, que circulou nos anos 1980, com a imagem do Barão do Rio Branco. Daí veio a expressão "barão" para designar 1.000 cruzeiros --alguns usam a expressão até hoje para se referir a mil reais Divulgação Mais

Cédula de maior valor no tempo dos réis: equivalia a 1 milhão de réis. Para se ter uma ideia, com 20 cédulas dessas era possível comprar uma fazenda de médio porte no interior do Rio de Janeiro no começo do século 20 Divulgação Mais

Você já imaginou como seria o rosto de Pedro Álvares Cabral, descobridor do Brasil? O navegador ganhou uma gravura desenvolvida pela American Bank Note Company para antigas cédulas de 1.000 cruzeiros, que circularam em meados do século passado. O design da nota foi desenvolvido nos Estados Unidos. Posteriormente, algumas séries da cédula foram impressas na Inglaterra Divulgação Mais

Rara cédula de 200 mil réis que circulou entre 1892 e 1907. Ao centro, foto de um valente marujo conduzindo a embarcação. Por serem confeccionadas por empresas estrangeiras, muitas cédulas tinham a inscrição "Brazil", com "Z" Divulgação Mais

Muitos bancos estaduais e particulares eram autorizados a emitir cédulas que circulavam junto com as emitidas pelo governo federal. O Banco Mauá emitiu cédulas para circular no Brasil e nos países onde a instituição estava presente, como o Uruguai Divulgação Mais

Muitos bancos estaduais e particulares eram autorizados a emitir cédulas que circulavam junto com as emitidas pelo governo federal. O Banco Mauá emitiu cédulas para circular no Brasil e nos países onde a instituição estava presente, como o Uruguai Divulgação Mais

Muitos bancos estaduais e particulares eram autorizados a emitir cédulas que circulavam junto com as emitidas pelo governo federal. No caso da foto acima, cédula do Banco União de São Paulo Divulgação Mais

Muitos bancos estaduais e particulares eram autorizados a emitir cédulas que circulavam junto com as emitidas pelo governo federal. No caso da foto acima, cédula do Banco União de São Paulo Divulgação Mais

Cédula de 500 mil réis lançada em 1893. Na parte de trás, uma bela imagem do porto do Rio de Janeiro no final do século 19, com o Pão de Açúcar ao fundo Divulgação Mais

Algumas cédulas foram confeccionadas como ensaios, mas não chegaram a circular. Um exemplo é essa de 100 mil réis que traz uma foto do aviador Alberto Santos Dumont Divulgação Mais

Cédula de 200 mil réis da Caixa de Estabilização, que circulou em 1927. O valor tinha seu lastro em ouro garantido pelo governo federal, ou seja, o país tinha disponível o equivalente àquele valor em ouro Divulgação Mais

Livro conta a história do dinheiro no Brasil, dos réis aos reais

Últimos álbuns de Economia

UOL Cursos Online

Todos os cursos