PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Casos positivos no DF já foram notificados antes de decisão, diz general

Carla Araújo

Jornalista formada em 2003 pela FIAM, com pós-graduação na Fundação Cásper Líbero e MBA em finanças, começou a carreira repórter de agronegócio e colaborou com revistas segmentadas. Na Agência Estado/Broadcast foi repórter de tempo real por dez anos em São Paulo e também em Brasília, desde 2015. Foi pelo grupo Estado que cobriu o impeachment da presidente Dilma Rousseff. No Valor Econômico, acompanhou como setorista do Palácio do Planalto o fim do governo Michel Temer e a chegada de Jair Bolsonaro à Presidência.

Do UOL, em Brasília

21/03/2020 14h31

O diretor do Hospital das Forças Armadas (HFA), General Rui Yutaka Matsuda, afirmou que todos os casos positivos de COVID-19 registrados já foram informados aos órgãos competentes e que ainda não foi notificado sobre a decisão liminar que exige a divulgação da lista de pacientes que atestaram positivo para a doença.

"Com relação à demanda judicial ela não foi entregue no HFA", afirmou à coluna. "Todos os casos positivos já foram notificados aos órgãos competentes", reiterou o general. O presidente Jair Bolsonaro é um dos pacientes que realizou exames no HFA e apesar de ter atestado negativo por duas vezes ele não divulgou o exame.

Ontem, a 4ª Vara Federal Cível da Justiça Federal do Distrito Federal determinou que o Hospital das Forças Armadas de Brasília forneça a lista de pacientes cujos resultados do teste para identificar a infecção pelo novo coronavírus tenham dado positivo. "É notório que a devida identificação dos casos com sorologia positiva para o COVID-19 é fundamental para a definição de políticas públicas para o enfrentamento urgente e inadiável da pandemia", justifica a juíza Raquel Soares Chiarelli, que assina a decisão liminar

CASOS EM BRASÍLIA

O general disse ainda que os registros da doença têm aumentado de forma similar ao que aconteceu em países europeus e que está trabalhando "full time" (o tempo todo).

"O que está ficando claro é que a curva estatística aqui está em linha com a europeia; ou seja, tudo sugere que vamos ter um pico nas próximas semanas", alertou.

De acordo com o balanço do governo do Distrito Federal, até o meio dia deste sábado (21), a capital federal tinha 108 casos confirmados e 2.717 casos suspeitos. O DF não registra óbito relacionado ao coronavírus.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.