Dólar sobe 1,6%, maior alta diária em sete semanas, e fecha a R$ 3,241

Do UOL, em São Paulo

dólar comercial fechou esta terça-feira (1º) em alta de 1,6%, a R$ 3,241 na venda. É a maior alta percentual diária desde 13 de setembro, quando o dólar havia subido 2,09%. É também o maior valor de fechamento desde 4 de outubro, quando a moeda havia fechado a R$ 3,255 na venda. 

Com isso, a moeda norte-americana acumula valorização de 1,4% na semana. No mês, tem alta de 1,6% e, no ano, perdas de 17,9%.

Na véspera, o dólar havia caído 0,2%. 

Juros nos EUA

Investidores aguardavam a reunião do Federal Reserve (Fed, banco central norte-americano) sobre a taxa de juros no país. O resultado sai amanhã, quando é feriado aqui no Brasil e os mercados ficam fechados.

A expectativa é de que Fed não mude a taxa de juros amanhã, mas se prepare para elevá-la em dezembro, dependendo de como estiver a economia do país.

O Fed tem elevado cada vez mais a confiança sobre alta dos juros e sua presidente, Janet Yellen, disse em setembro que uma mudança antes do final do ano era provável se o emprego e a inflação continuassem a se fortalecer.

Atualmente, a taxa de juros dos EUA está entre 0,25% e 0,5%.

Juros mais altos nos EUA poderiam atrair para lá recursos atualmente investidos em outros países onde os rendimentos são maiores, como é o caso do Brasil.

Eleições norte-americanas

Além disso, o clima era de cautela devido à proximidade das eleições presidenciais nos EUA, marcada para 8 de novembro.

Segundo investidores, pesou nesta sessão a pesquisa que mostrou pela primeira vez o candidato republicano Donald Trump à frente da democrata Hillary Clinton na corrida presidencial americana, com 46% a 45%, ainda dentro da margem de erro de 3 pontos.

Regularização de recursos no exterior

Na noite passada, terminou o prazo para regularização de recursos mantidos por brasileiros no exterior, o que vinha contribuindo para puxar o dólar para baixo nas últimas sessões. Em outubro, a moeda norte-americana caiu 1,9%.

A arrecadação com impostos e multas decorrentes da repatriação somou R$ 50,9 bilhões, informou a Receita Federal hoje. Assim, o governo atingiu a meta de arrecadação, de R$ 50 bilhões.

Atuação do BC

Como nas últimas sessões, o Banco Central brasileiro ofertou 5.000 contratos de swap cambial reverso (equivalentes à compra futura de dólares). Todos foram vendidos.

(Com Reuters e Valor)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos