Bolsas

Câmbio

Bolsa sobe 1,69%, após tombo na véspera, mas acumula queda de 8% na semana

Do UOL, em São Paulo

  • Renato S. Cerqueira/Futura Press/Estadão Conteúdo

Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta sexta-feira (19) em alta de 1,69%, a 62.639,31 pontos, após despencar 8,8% na véspera, o maior tombo desde 22 de outubro de 2008, no auge da crise financeira internacional.

Apesar de subir no dia, a Bolsa termina a semana com desvalorização acumulada de 8,18%.

JBS, empresa no centro das acusações contra o presidente Michel Temer, fechou em alta de 1,52%, após tombar mais de 9% na véspera.

O dia foi de alta da maioria das ações que compõem o Ibovespa. As ações da Petrobras e do Banco do Brasil dispararam mais de 3%. Os papéis do Itaú Unibanco, do Bradesco e da mineradora Vale também registraram ganhos. Essas empresas têm grande peso sobre o índice.

Dólar cai 3,89%, a R$ 3,257

dólar comercial despencou 3,89% e fechou cotado a R$ 3,257. Na véspera, a moeda norte-americana havia disparado 8,15%, no maior salto desde janeiro de 1999, quando o câmbio deixou de ser controlado pelo governo.

Apesar de subir no dia, o dólar encerra a semana com alta acumulada de 4,26%.

(Com Reuters)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos